A ILEGALIDADE DA VENDA CASADA PRATICADA PELOS BANCOS

Quantas vezes, ao solicitar um cheque especial, aumento do limite desse cheque ou outra forma de crédito pessoal, para sua empresa ou financiamento, o gerente do banco condiciona a autorização à contratação de um seguro, por exemplo? Ou à compra de produtos bancários, consórcios, etc.? Isso é ilegal! É VENDA CASADA, uma forma de vincular a compra de um produto ou serviço a outro.

Imagine o abuso que são esses produtos empurrados aos clientes? Eles garantem à instituição financeira receber o recurso, caso o cliente não pague a dívida, ou até mesmo o atingimento das metas do seu gerente. Já o consumidor, além de pagar por essa transação, tem de arcar com os juros e a multa pelo atraso, quando fica inadimplente.

O que diz a Lei a respeito do tema venda casada? O Código de Defesa do Consumidor, artigo 39, esclarece de forma inequívoca: “Art. 39 – é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas.

Evite problemas com bancos

E, para evitar novos problemas no futuro, a dica é sempre ler com atenção os contratos bancários antes de assinar. De fato, essa é uma boa dica para qualquer relação de consumo, mas principalmente no caso da contratação de serviços bancários, porque esses contratos costumam ter muitos detalhes. Se ficar com dúvidas (o que é normal), não assine imediatamente; mostre antes ao seu advogado e peça a orientação dele.

Está enfrentando problemas com bancos? Veja o que fazer

Se você tem problemas com bancos, talvez já tenha comentado com algum familiar ou amigo, que lhe disse que é melhor deixar pra lá. Você pode ter ouvido que o consumidor não consegue ganhar contra as gigantescas instituições financeiras.

Na verdade, os únicos que se beneficiam com esse pensamento são os próprios bancos. Quando os consumidores abrem mão do seu direito para evitar um processo, é como se os bancos ganhassem carta branca para continuar suas más práticas.

Porém, ainda mais importante, esse pensamento não é verdadeiro. Existem muitas situações em que o consumidor tem, sim, chances reais de ganhar o processo contra o banco. Tudo depende do caso concreto.

Por isso, se você está enfrentando problemas com bancos, a primeira coisa a fazer é consultar um advogado especializado em direitos do consumidor. 

Esse profissional tem o conhecimento e a experiência para analisar seu caso e recomendar se vale a pena abrir uma ação contra banco ou até mesmo buscar outra alternativa para defender seus direitos, como um acordo extrajudicial.

Outra recomendação que eu queremos destacar é que você procure guardar o máximo possível de informações e documentos sobre o problema. Em um processo, esses itens são provas do ocorrido. 

Não tem advogado para te orientar?
Se você está interessado em receber mais orientações sobre seu caso específico, basta entrar em contato por telefone, e-mail ou WhatsApp para conversar ainda hoje com um dos nossos advogados especialistas.

contato@mmarquesadvogados.com.br

Escreva um comentário

× Contato por WhatsApp